O acampamentos dos hebreus é atacado pelos amalequitas; Eliseba fica ferida

No capítulo da novela Os Dez Mandamentos do dia 16 de novembro, segunda-feira, o dia amanhece no deserto e todos acordam com um grande grito vindo da tenda onde Corá está com Bina e seus filhos. Bina fica bastante impressionada e assustada ao ver que o pão que ela guardou está tomado por vermes. Safira diz para Bina que o que faltou a ela foi um pouco de fé em Deus. Bina fica morrendo de vergonha.

Os hebreus aproveitam para se fartar com o maná oferecido pelo Senhor. Moisés aproveita para continuar escrevendo o livro de Êxodos. Enquanto isso, o povo hebreu é guiado mais uma vez pela coluna de nuvem no céu. Os amalequitas Zuri e Amir vão conversar com o rei Amaleque e dizem que o deserto está tomado por hebreus. O rei diz que irá atacar o povo hebreu logo.

Amalequitas Os Dez Mandamentos

O acampamento dos hebreus é atacado pelos amalequitas e Eliseba é ferida

Enquanto isso, Moisés e Arão continuam caminhando pelo deserto com seus cajados e conduzindo todo o povo hebreu a terra prometida. Abigail já está grávida de 4 meses e continua caminhando junto com seu marido Zelofeade. A coluna de nuvens para mais uma vez e Moisés informa a todos que eles deverão montar acampamento naquele lugar. Corá e Datã perguntam a Moisés sobre qual caminho eles estão seguindo. Bina e Apuki continuam reclamando bastante e dessa vez é da falta de água. Moisés dá uma olhada para Arão e sai de perto.

O libertador conversa mais uma vez com o Senhor. Arão se despede de sua esposa e diz que vai buscar água em algum lugar. Zelofeade também aproveita para se despedir de sua família. Datã e Corá também se preparam para sair. Arão e Moisés e seguem com todo o grupo de Hebreus em busca de água. Enquanto isso, Joquebede aproveita para conversar com as outras mulheres e pedir que elas continuem tendo fé em Deus. Judite vai conversar com a filha e diz que está bastante preocupada com tanta reclamação por parte de Apuki. Abiú, Calebe, Itamar e Nadabe acabam se encontrando com outras moças hebreias no deserto. Durante a caminhada Moisés acaba avistando o Monte Horebe. Amir e Zuri acabam vendo o grupo de Hebreus.


Com muitas armas os amalequitas começam a ir em direção ao acampamento onde estão os hebreus. Deborah conversa com Bezalel e acaba revelando que Abigail não está se sentindo muito bem. Os hebreus, que estão sendo liderados por Moisés, começam a se aproximar do Monte Horebe. No acampamento os hebreus que estão com mais dificuldade são ajudados Radina, Simut e Gahiji. Moisés tem mais uma conversa com Deus e mais um milagre acontece, saindo água de uma pedra. Os amalequitas acabam chegando até ao acampamento dos Hebreus. Apuki tenta proteger a sua filha Ana. Amir ordena que os soldados peguem tudo que for dos hebreus e leve embora. Moisés junto com os outros Hebreus ficam bastante impressionados com mais um milagre oferecido por Deus. Calebe, Itamar, Abiú e Nadabe acabam retornando para o acampamento dos hebreus e acabam vendo os soldados no acampamento.

Apuki diz que os soldados podem levarem tudo o que quiser, mas que não toquem em sua filha Ana e em Judite. Nadabe e os outros Hebreus acabam encontrando as armas que estavam guardadas na tenda de Moisés. Eliseba acha bastante estranho tudo que está acontecendo no acampamento. Enquanto isso os amalequitas continuam assustando bastante os hebreus que estavam no acampamento. Eliseba acaba sendo atingida por uma espada de um dos oficiais amalequitas. Itamar, Abiú e Nadabe ficam bastante desesperados ao verem tudo o que está acontecendo de longe. Para ajudar Eliseba, Miriam e Joquebede saem correndo no intuito de salvar a mulher de Arão.

Eliseba cai no chão e fica sangrando bastante devido ao ferimento. Diante de tudo o que está acontecendo Itamar, Abiú e Nadabe ficam bastante desesperados e partem para cima dos amalequitas. Os inimigos decidem recuar. Joquebede e Miriã tentam salvar a vida de Eliseba. Apuki fica bastante nervoso ao ver que os inimigos levaram tudo o que ele tinha em sua barraca. Gahiji leva Eliseba até a tenda onde ela estava com Arão. Radina diz para Inês o ataque que eles sofreram dos amalequitas. Simut pega algumas ervas e prepara um medicamento para tentar salvar a vida de Eliseba. Os rapazes hebreus tentam encontrar os amalequitas, mas não conseguem.

Corá reclama bastante da distância do acampamento até o lugar onde eles foram buscar água. Bezalel tem fé em Deus e esperança que Eliseba não morra. Enquanto isso, Miriã, Radina é Gahiji fazem de tudo para tentar salvar a vida da mulher de Arão. Leila fica sabendo do ocorrido e se desespera. Apuki diz que se arrependeu bastante de ter ido embora do Egito. Abiú conversa com Simut e implora para ele salvar a vida de sua mãe. Ele começa a preparar o medicamento para cauterizar a ferida causada pela espada. Calebe dá força para Itamar e Abiú. Abigail também fica sabendo sobre a invasão do acampamento e entra em estado de choque. Zuri e Amir vão contar como foi o ataque aos hebreus para o rei Amaleque. Eles ficam desconfiados de que alguma coisa aconteceu devido a um comportamento bastante estranho. Chegando no acampamento, Arão é informado sobre o que aconteceu com Eliseba e vai correndo para ver o seu estado.


Leave a Reply

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *