Os hebreus começam a partir para o deserto sob olhar de Ramsés

No capítulo da novela Os Dez Mandamentos do dia 5 de novembro, quinta-feira, Eliseba e Arão começam os preparativos para partirem e ficam bastante surpresos ao verem que seus filhos estão bastante felizes. Hur fica bastante triste em ter que ir embora do Egito sem ter o seu filho Uri ao seu lado. Bezalel conforta o avô. Bastante emocionadas, Joquebede e Miriã se despedem da casa em que elas moraram por muitos anos.

Jairo e Apuki ficam bastante surpresos ao verem que Ana e Judite realmente estão prontas para partirem junto com os hebreus. Simut, incentivado por Paser, resolve partir junto com os hebreus levando consigo os ossos de José do Egito para Moisés. Karoma e Pepy ficam bastante tristes ao verem que Simut irá embora junto com os hebreus. Taís continua chateada pelo fato de ter sido traída por Meketre, mas diz que ele deveria trazer Bak para viver junto com a sua família.

Hebreus Deserto Os Dez Mandamentos

Sob o olhar de Ramsés o povo hebreu começa a partir para o deserto

Apuki e Jairo resolvem seguir para o deserto junto com o povo hebreu e ficam bastante impressionados com animação de todos. Meketre tenta encontrar seu filho Bak no meio de todos os hebreus. Corá e Bina também saem felizes rumo ao deserto ao lado de seus filhos. Meketre chega até a casa de Zelofeade e fica bastante preocupado ao ver que não tem ninguém na casa e acredita que Bak tenha ido embora junto com os outros Hebreus. Simut vai se despedir de Ikeni antes de partir junto com os hebreus. Meketre encontra Bak e pede que o filho continue morando no Egito.

Bak fica muito feliz e resolve aceitar ficar no Egito junto com sua nova família. Radina defende Moisés na frente de Nefertari e ela não gosta nem um pouco pedindo que a serva a deixe sozinha. Radina toma a atitude de ir junto com o povo hebreu para o deserto. Bak é muito bem recebido por Thais e pelas crianças em sua casa. Gahiji e Chibale ficam bastante felizes e surpresos ao verem que Simut vai junto com eles para o deserto. Enquanto todos os escravos estão felizes e animados com o fato de estarem livres e poderem ir ao deserto, Ramsés observa a todos se sentindo um homem derrotado.



Leave a Reply

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *